terça-feira, 21 de outubro de 2008

Equilíbrio Dinâmico

Arthur Koestler quando nos brindou com sua Teoria dos Holons nos mostrou que o único equilíbrio que existe é o equilíbrio de hoje. E o mundo está sempre em equilíbrio.
O equilíbrio de ontem, já não conta mais.
O equilíbrio de amanhã será novo e imprevisível, pois amanhã é um outro dia.
A velocidade das informações em tempo real e a globalização do sistema financeiro do mercado, queiramos ou não, já é uma realidade observável e patente.
O sistema financeiro hoje é universal e estabelecido de forma irreversível.
Os vasos comunicantes do dinheiro fluem entre si,quando por falta de crédito estes vasos se obstruem, temos o enfarto e há o risco de quebra do sistema, com o estrangulamento de toda a Economia.
Hoje todos os presidentes de Banco Central do mundo estão tentando manter o fluxo do dinheiro.
O que se tenta recuperar?
Que esforço se faz para manter o fluxo do dinheiro?
Uma coisa que se chama crédito.
Pois a falta de crédito é a causa do bloqueio das artérias do dinheiro.
Por que não há crédito? O que está nos levando a esta situação agora?
Aí vamos para a causa de tudo.
Não há crédito se não houver confiança.
O grande problema hoje é a falta de confiança, pois se quebrou o bom senso e a transparência ao se dar crédito fictício ou podre para se ganhar mais.
As entidades que ludibriavam as regras, já quebraram, falta ir atrás dos responsáveis pela fraude.
Vai se levar algum tempo até haver novas regras, se recuperar confiança, estabelecer-se crédito real e o dinheiro cumprir seu papel de poder de compra no dia a dia.
Aqui eu me lembro do que meu pai dizia: “Na vida para se dar bem é preciso ser malandro e rico”.
Ele explicava “A maior malandragem é ser sempre transparente e honesto. Ser rico é não ter dívidas financeiras, morais ou de favores.”
As empresas, independente de seu tamanho, idade ou ramo de negócio, que atuam com transparência, ética, dignidade, bom senso, mesmo que percam algo com a crise, terão agora a grande oportunidade do crescimento sustentável e como manter sua perenidade.
Haverá com certeza quebra de empresas e uma purificação no mercado.
O equilíbrio dinâmico de hoje é frágil, pois estamos atravessando a turbulência em direção a um mundo melhor.
Assim como no futebol , quando as regras forem claras e universais todos estarão participando sejam torcedores, jogadores, locutores, juízes ou gandulas. As regras quando iguais e fiscalizadas por todos recuperarão a transparência, a credibilidade e a confiança e quem estiver mais bem preparado deverá estar melhor no livre mercado.
Boa sorte a todos.

6 comentários:

Girley Brazileiro disse...

Geraldo,
Meus aplausos para seu artigo. Com clareza você comentou o momento economico mundial. Estamos testemunhando o nascer de um novo tempo. A reorganização economica global está diante de nós. Tomara que os novos lideres sejam mais responsaveis.
Parabéns. Do Recife, Girley Brazileiro

Geraldo Leal de Moraes disse...

Recebi dos amigos Waldir, Ana Cristina, Helcio e Renato excelentes comentários que compartilho com vocês nos comentários abaixo

O empresário Helcio disse...

Prezado amigo

Obrigado pelo envio de mais um artigo , como sempre esclarecedor , inteligente e pertinente.

Gostaria de poder chamar sua atençao para algo incrivel que li na Gazeta Mercantil de hoje 21 de outubro 2008 , na area internacional do jornal , artigo com título "Governo Chines quer reaquecer economia",preocupados com o crescimento do PIB Chines de apenas 9 % no terceiro trimestre de 2008 ...

Lendo o mesmo , fico me questionando as diferenças de postura entre nossos paises. Nesse artigo , nota-se o posicionamento do Diretor do Centro de Estudos da China na Universidade Tsinghua em Pequim ( Economista Hu Angang ) que aborda o assunto , mostrando que o governo pretende aumentar seus gastos no treinamento vocacional e outros programas educacionais para adultos . O objetivo é ajudar os trabalhadores chineses a deixar os níveis de baixa renda e as tarefas sem especializaçao das linhas de montagem nas fabricas direcionadas a exportaçao ..... e assim vai.

Certamente voce leu o artigo e deve estar imaginando como eu o que nós aqui fazemos , distribuindo dinheiro as familias de baixa renda sem acrescentar nada conscistente em suas existencias.

Voce que tem o dom da palavra e o conhecimento necessario para explorar esse assunto , nao poderia ser um tema a ser discutido??

Desculpe a intromissao ,

do amigo que muito os estima.,

O empresário, amigo e cunhado Renato Cury disse...

Muito bom!!!

A psicóloga Ana Cristina disse...

Bom dia, Geraldo!
Só pra te saudar e dizer que essas primeiras frases sobre equilíbrio do ontem e do hoje (da sua mensagem) caíram na minha alma como um bálsamo... Tão simples (até óbvio) e tão sábio!
Obrigada!
Ana Cristina

O Reflexologista Waldir disse...

Geraldo,
A ideloloagia dos homens que viam a Humanidade no mais alto plano
de desenvolvimento ao viver, nos oferece a expectativa de ser.
Infelizmente esta teoria cai no interpretar universo-homem quando
a economia do planeta é governada, digerida por 288 homens
que manipulam os 55 trilhões de dolars em circulação.
Esta é a grande insegurança do viver.
Considero muito util este artigo com sua opinião valorosa.
ABS Waldir