segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Devagar com o andor que o santo é de barro

Nesse último artigo do ano gostaria de deixar um aviso de alerta aos empresários.

O ano de 2010 começará com euforia, pois para superar a crise financeira que surgiu em 2008 vários segmentos foram protegidos por benesses em 2009. Isto no mundo todo.

Afinal, se a indústria automobilística, a indústria de construção civil, assim como o sistema financeiro, tivesse quebrado, teríamos um tsunami econômico/financeiro.

As reais causas da crise ainda não foram resolvidas, vivemos momentos perigosos, pois o modelo vigente que tem como lastro o dólar e a confiança mundial sustentada pelos títulos do tesouro americano foi mantido para não deixar o andor cair, mas no médio e longo prazo o sistema financeiro atual está falido.

O santo precisa de outro andor ou vai cair. O santo é a economia mundial.

Fiquem tranqüilos, pois todos os presidentes dos bancos centrais em todo o mundo já sabem disso, o que é bom.

Os chineses como estão com muitas fichas nas mãos e podem quebrar a banca estão agindo com sabedoria chinesa, ou seja, sabedoria secular.

Se o santo quebrar eles quebram juntos, pois são hoje proprietários importantes deste santo. Em Copenhague não se fizeram de rogados em não se comprometerem com as metas da nova economia de baixo carbono, pois seu nível de crescimento hoje é que segura a economia, mesmo que em detrimento da ecologia.

Como somos nós, Brasil, a bola da vez, pela nossa riqueza natural, pelo equilíbrio das contas financeiras, pela população e pelo mercado de consumo grande com renda crescente, estamos vivendo um momento de conforto e de possibilidades reais de ser país de primeiro mundo.

Aí mora o perigo!!!

A zona de conforto e o sucesso nunca foram bons conselheiros e a realidade da vida para pessoas, empresas e nações mostraram que os grandes desastres ocorrem neste ambiente.

Estamos discutindo a divisão e a aplicação dos resultados financeiros e rendimentos do pré-sal, querendo antecipar receitas de riquezas potenciais e passamos a agir como se já fossemos desenvolvidos e ricos.

Como novos ricos, começamos a gastar mais do que ganhamos, vivemos de status, de uma posição de prestigio, “este é o cara”, e até estamos mudando o rumo do rio da unidade nacional a um preço que nos deixará secos lá na frente.

A transitoriedade do cargo de Presidente da República é normal e natural em qualquer democracia, mas aqui atemoriza o grupo que está no poder, no momento da festa e da grande euforia, como se o país estivesse blindado e não fosse parte da Economia Mundial.

Fazer a sucessora passa a ser a prioridade número um.

Para isto, ter os empresários das áreas financeiras, automobilística, linha branca, construção civil e agora a moveleira com isenção fiscal é garantia de apoio eleitoral.

Para outro público, ter a rede de proteção social é também garantia de votos.

Time que está ganhando não se mexe, é a máxima para os que estão se dando bem.

O preço destas ações e o custo em se manter a euforia virão a partir de 2010 e com certeza em 2011.

Em médio prazo já se fala em aumento de juros, déficit do balanço comercial, sucateamento da indústria (principalmente dos médios e pequenos empresários), quebra do sistema previdenciário e algumas outras mazelas.

As reformas política, fiscal, tributária, trabalhista, previdenciária e da justiça – Bom... Estas ficam para as calendas gregas.

Estou passando uma mensagem pessimista?

Creio que não, pois Lula e PT passarão como todos já passaram, e o Brasil continuará.

O que creio venha ser uma atitude positiva, é não fazer vistas grossas e não ser cúmplice das omissões e das ausências de ações que são necessárias e importantes para um crescimento justo, sustentado e harmônico.

Devemos exigi-las e cobra-las.

Não devemos nos intimidar pela popularidade do Lula que é reflexo de um trabalho coletivo e de todos, que ele soube se apropriar com inteligência e argúcia, mas poderá jogar fora engolido pela sua ambição de poder.

Os empresários precisam estar atentos aos seus negócios, cuida-los com atenção para que atendam e superem as expectativas dos seus clientes, investir nos seus clientes internos, seus talentos, para que evoluam e acompanhem o processo de mudanças do mundo.

Os empresários precisam estar junto aos seus fornecedores exigindo projetos de produtos e serviços verdes e um compartilhamento de gestão as reais realidades das necessidades e expectativas deste grande mercado de consumo chamado Brasil.

Como líderes não podem se enganar pelas benesses de curto prazo e devem exigir dos políticos, com uma visão de negocio de médio e longo prazo, medidas e reformas que dêem sustentabilidade ao país.

O empresário como dirigente que tem força política em suas cidades e bairros precisa atuar como dirigente comunitário mostrando esta força para o bem da coletividade.

Afinal, todos sabemos que o santo é de barro e quanto mais alta a aparente estabilidade, maior será o tombo.

22 comentários:

fernando disse...

Parabéns a Geraldo pelas palavras equilibradas e animadoras postadas no artigo "Devagar com a andor que o santo é de barro". Pautadas pelo bom senso e pela visão acurada que tem do mundo, aproveito o ensejo para desejar ao consultor e amigo um feliz Natal e um venturoso ano novo. Com o abraço de Fernando Dourado

Jorge Purgly disse...

Caro amigo Geraldo,
Gostei muito do seu artigo.
Estou retribuindo aqui os votos de Boas Festas e um Excelente 2010!
Um forte abraço,
Jorge
http://xeesm.com/JorgePurgly
Veja que interessante o link abaixo:
http://konektigi.blogspot.com/2009/12/eneagrama-o-tipo-1-o-perfeccionista_10.html

Cascão disse...

Caro amigo e companheiro Geraldo: parabéns pelo artigo. Otimista, sem ser ingênuo. Lúcido, sem ser pessimista. Boas Festas a você e família e obrigado pela sua amizade.
Cascão.

Helcio A. Nosé disse...

Prezado amigo

Obrigado sempre por seus artigos , visão e amizade.
Receba de todos nós um grande abraço e que possamos ter mais um ano de desafios com competencia , familia com amor e amizade com franqueza.

sinceramente

Helcio A. Nosé

Luiz Fernando Kiehl disse...

Obrigado, Geraldo, o mesmo pra vc e sua família.

lendo sua mensagem, lembrei que não é só o santo que é de barro, o Santos F. C. também.

E por falar nisso, vc já notou que já temos 3 ex-colegas de classe na presidencia de clubes?
Beluzzo, Luiz Álvaro no Santos e Fifi no Paulistano.

É o esporte que se curva ao glorioso Colégio São Luiz.

Um abração do Kiehl

Rogério Delmondi disse...

Caro Amigo,
Geraldo Leal de Moraes

Tenho recebido seus e-mail com alguma freqüência,
mas pela falta de administração do tempo, muitas vezes não respondo os e-mail,
quero que saiba que mesmo a distancia sempre lembro do encontro aqui em Limeira e torço por você,

Agradeço as palavras
e desejo que você tenha um Natal com muita paz
e em 2010 você tenha muito mais sucesso e continue espalhando o seu conhecimento,

Forte abraço

Rogério Delmondi

Sérgio Moacir Marques de Souza disse...

Muito obrigado, Professor. Espero que o senhor permaneça com a excelência de seu ensino em 2010.

Sérgio Moacir

João Alberto Druzian Togni disse...

Bom dia, mestre Geraldo! Obrigado por tudo, que no ano vindouro, continues com grande Sabedoria para nos transmitir, que o SENHOR DEUS continue derramando suas bênçãos em sua vida. Um forte abraço,

Atenciosamente.

João Togni

Fernando Freiberger disse...

Geraldo,

Que o “sentir” e a “intuição” sejam os nossos orientadores nas tomadas das decisões, uma vez que nossa mente limitada e sempre inquieta nos impede de ampliar nossa consciência.

Mario Ernesto Humberg disse...

Caro Geraldo

Meus votos de ótimas festas, um feliz ano novo e que possamos continuar batalhando, juntos ou separados, para construir um Brasil socialmente justo, economicamente forte, ambientalmente sustentável, politicamente democrático e eticamente respeitável, como propõe o PNBE no Projeto Brasil 2022, que tive a alegria de lançar em 2003.

Um abraço

Mario Ernesto

Francisco Diniz disse...

Prezado Geraldo,

Um grande abraço e votos de feliz natal e um ano novo sem marolas ou marolinhas.

Paz é a nossa bússola para escolhermos melhores caminhos.

Felicidades para toda sua famiília..

Francisco Diniz

Anibal Dib Mussi disse...

Geraldo,

Voce sempre muito criativo e estimulante.

Retribuo todas as suas mensagens e desejos, com a intenção de que nossa amizade seja eterna.,

Um abração


Anibal Dib Mussi
Superintendente Executivo CIEE/SC

Antonio Craveiro disse...

Desejo que a grande arma do homem, a boa vontade, esteja sempre contigo. Tenha certeza que mereces, sim, toda a paz do mundo.

Tenha-na neste novo ano.

Antonio Craveiro

Aluizio Amorim disse...

Salve, Geraldo!
Ótimo artigo. Dizendo tudo com equilíbrio e sensatez. Um excelente Ano Novo para você e seus familiares, com um abraço para o Ge filho.

Natali disse...

Adorei esse artigo, pois reflete a realidade atual. Muitos estão dando o salto maior que a perna, ou contando com o que ainda não aconteceu. Espero que 2010 seja um ano de oportunidades dentro das dificuldades que ainda estão por vir para esse país.
Uma abraço.
Natali de Paula Silva
Santa Isabel /SP

Regina Silva disse...

Oi Geraldo, tudo bem?

Primeiro dia e resolvi ler um pouco, então li teu artigo para começar bem minhas reflexões de 2010.

Muito boa as tuas colocações, pois retratam a realidade Brasileira.
Sinceramente, espero que mais pessoas pensem como você e eu, que compartilhamos da idéia de um crescimento sustentável, para provocar mudanças significativas na direção pública deste país, nas eleições de 2010.
Obrigada pelo estímulo a pensar que isso pode mudar, se tomarmos as ATITUDES certas e não deixarmos o santo cair.
Grande abraço e feliz 2010.

Regina Silva
ADS Comunicação

Sergio Muniz de Souza disse...

Caro Geraldo, como diria você, a vida não para e a cada dia nos renovamos.

Inventei de atualizar meu site e não imaginava que fosse dar tanto trabalho – mas finis coronat opus.

Visite-o, quando tiver alguns minutos livres: www.mdsconsult.com.br (mas ligue o som antes)

Cordialmente,

Sergio Muniz de Souza
MDS - Consultores Associados

Ricardo Amoroso disse...

Geraldo:

Que a Vida lhe traga muitas alegrias em 2010 assim como lhe desejo seja o Natal

Um grande abraço.

Ricardo Amoroso
Transforming Consulting

Luiz Roberto S. De Moraes disse...

Geraldão,

Obrigado pela excelente mensagem de Natal!

Desejo a você e a família florianopolitana um ótimo Natal e feliz Ano Novo!!!

Parabéns também seu texto abaixo...aliás leio todos e sinceramente estão cada vez melhor!!!

Tony De Franceschi disse...

Geraldo,

Parabéns, gostei muito do texto “Devagar com o andor que o santo é de barro”, realmente é de barro e muito "FRÁGIL"...

Tony De Franceschi

Carlos Eduardo R. Caldas disse...

Geraldo,

Agradeço pelas palavras sempre inspiradoras e inteligentes.

Que você e sua família tenham muita paz, harmonia, saúde, amor e muita felicidade acompanhada de muita prosperidade para o Ano vindouro.

Forte abraço,

Carlos Eduardo R. Caldas
ASPÓ - ASPIRADORES INTELIGENTES

Mauro Pinto e Silva disse...

Geraldo :

Te agradeço o e-mail desejando Boasa Festas e retribuo-o .
Que V. continue tendo muito sucesso em 2010 e com muita saude principalmente , o que é importante para nós cada vez mais velhinhos!!!

Aguardo sua visita aqui em Itu.

Um grande abraço do amigo

Mauro Pinto e Silva